Buenos Aires – Argentina / Roteiro

Olá meus amores, tudo certo?
Como esta o sabadão por ai? Animado? Pois aqui a preguiça rola solta…rs Muito friozinho e a cama não me deixa em paz…rs
Hoje o assunto é ainda sobre a viagem que fiz a Buenos Aires, montei um roteirinho pra quem ainda não conhece a cidade e esta afim de visitar, tem dicas ótimas, espero que gostem!

“ROTEIRO”

Passeio livre a pé pelo centro da cidade. Pontos para visitação:

Obelisco, símbolo da cidade, está localizado no centro da Av. 9 de Julio, uma das mais largas do mundo. Próximo a ele está o famoso Teatro Colón, que pode ser visitado através de uma visita guiada que ocorre diariamente das 9h às 17h.

Imagem
(Obelisco)

Caminhando cerca de 500 metros pela Avenida 9 de Julio, chega à Av. de Mayo, uma das mais importantes da cidade, que liga a sede da presidência da Argentina ao Congresso Nacional.

Imagem

(Congresso)

Ao virar a esquerda nesta segunda avenida, rumo à Praça de Maio, você vai passar em frente ao Café Tortoni (Av de Mayo, 825), um dos cafés mais antigos e tradicionais de Buenos Aires. Lá tem os famosos churros, não são recheados como os daqui, mais vem doce de leite a parte pra passar sobre ele. Muito Bom!!!!
Imagem

(café Tortoni)

A Plaza de Mayo é a principal praça da cidade. Ela é rodeada de edifícios históricos e de importantes pontos turísticos de Buenos Aires que podem ser visitados neste dia, como a Catedral Metropolitana e a Casa Rosada, sede do poder executivo, local onde fica o escritório da presidente da nação. É possível fazer uma visita guiada ao interior deste edifício, porém apenas aos sábados, domingos e feriados.

Imagem

(Casa Rosada)

Outro local que você pode visitar, em qualquer dia da semana, é o Museo del Bicentenario, onde estão expostos diversos objetos que fizeram parte da história dos ex-presidentes da Argentina. A entrada é gratuita e o acesso se dá pela rua lateral à direita da Casa Rosada.

Imagem
(dentro do Museu del Bicentenario)

Saindo da praça, caminhe pela Av. Diagonal Norte, próxima à Catedral, até a Calle Florida, a rua de comércio mais famosa da cidade. A Rua Florida tem cerca de 1km de extensão e ao longo dela é possível encontrar dezenas de lojas, galerias, centros comerciais, lojas de departamento e o tradicional shopping Galerias Pacífico.

Depois desta longa caminhada você pode terminar o passeio pelo centro de Buenos Aires na Plaza San Martín, uma bela praça localizada no final da Rua Florida.

Em Puerto Madero você pode caminhar ao longo quatro diques, admirando a arquitetura dos prédios antigos de um lado e dos arranha-céus modernos do outro. Entre as atrações do local estão a Puente de La Mujer, uma bela ponte com 160 metros de extensão sobre o canal, e a Fragata Sarmiento, uma antiga embarcação que virou um museu náutico. O barco tem 85 metros de comprimento, conta com 12 canhões e 35 velas e mantém seu interior com todas as peças, objetos e mobílias originais. A entrada custa apenas 2 pesos argentinos e o barco fica aberto para visitação diariamente, das 10:00h às 19:00h.
Sugestão de almoço italiano Da Caravaggio, que fica “no outro lado” do dique.

Imagem

Imagem

Imagem

Próximo ao dique 1, ao sul de Puerto Madero, está o Casino Puerto Madero(não pode tirar fotos dentro do cassino e a anta aqui esqueceu de tirar uma do lado de fora…rs perdoem minha falha), um cassino flutuante que funciona 24 horas por dia. E no extremo norte, próximo ao Dique 4, está o terminal da Buquebus, uma empresa de transporte marítimo que faz a ligação de Buenos Aires com as cidades uruguaias de Colonia del Sacramento e Montevidéu. A visita bate-volta a Colonia, pelo Buquebus, é uma boa dica de passeio para quem tem um dia livre em Buenos Aires e quer fazer um programa diferente.

Na Recoleta o passeio pode começar pela El Ateneo Grand Slendid (Av. Santa Fé 1860), uma tradicional livraria da cidade localizada no interior de um antigo teatro. Este local é apenas para matar a curiosidade e tirar umas fotos, caso você não tenha interesse, comece o passeio na próxima atração.

Em seguida você precisa visitar o Cementerio de La Recoleta – Cemitério da Recoleta, um dos principais pontos turísticos de Buenos Aires. É um cemitério pequeno, bonito e lá estão sepultados vários ex-presidentes, militares, artistas e personalidades argentinas, incluindo Eva Perón, a famosa Evita. O cemitério fica aberto para visitação todos os dias, das 7:00h às 17:00h. É possível fazer uma visita guiada, gratuita, que circula o cemitério contando a história do local e mostrando alguns de seus principais túmulos. Esta visita tem cerca de uma hora de duração e acontece todo dia às 11:00h em vários idiomas: espanhol (de terça à domingo); inglês (terça e quinta); e português (sexta-feira).

Junto ao cemitério há uma praça muito agradável, cercada de restaurantes e cafés. Ali também há uma igreja e um centro cultural, além do Buenos Aires Design, um shopping voltado para artigos de casa e decoração. Este shopping também possui boas opções de alimentação e é nele que está a filial argentina do Hard Rock Café.

Se você gosta de museus, pode atravessar a Plaza Francia, em frente a este shopping e visitar o Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), que abriga a mais importante coleção de arte argentina, com obras de artistas locais e também internacionais, como os conhecidos Monet, Van Gogh, Picasso, entre outros. O museu tem entrada gratuita e funciona de terça à sexta das 12:30h às 20:30h e aos sábados e domingos, das 9:30h às 20:30h. Nas segundas-feiras o museu não abre.
Atrás do museu, na Av. Pres. Figueroa Alcorta, está o belo prédio da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires (Av. Pres. Figueroa Alcorta, uma avenida larga e bem arborizada que corta os bairros Recoleta e Palermo) e ao lado deste edifício está a Plaza Naciones Unidas, que possui em seu centro um dos símbolos da cidade, a Floralis Generica, uma gigante flor de metal, cuja imagem pode ser vista no início desta página.

Se ainda sobrar tempo, você pode continuar o passeio seguindo por esta avenida em frente à flor de metal de táxi ou a pé até o Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires, o MALBA, um museu de arte moderna com obras de artistas de vários países da América Latina, incluindo alguns brasileiros. (funciona de quarta à segunda, das 12:00h às 20:00h e a entrada custa 40 pesos argentinos – R$11,40). Próximo ao museu está o shopping Paseo Alcorta, que também pode ser visitado.

Outra atração nesta área é o Jardim Japonês, um jardim privado com acesso pago que conta com mais de 350 espécies de plantas nativas do Japão. A entrada para visita-lo custa 24 pesos argentinos (R$6,85) e ele fica aberto para visitação todos os dias, das 10:00h às 18:00h.

Passeio no bairro Palermo e você pode começa-lo pegando um metrô ou táxi até a Plaza Italia. Lá você pode visitar o Zoo de Buenos Aires, um zoológico pequeno e agradável onde estão dezenas de espécies de animais, como girafas, ursos, elefantes, macacos, aves, entre outros. A entrada custa 75 pesos argentinos (R$21,40) e ele funciona de terça à domingo e feriados, das 10:00h às 18:00h, com a bilheteria aberta até 17:00h.

Ao lado do zoo está o Jardim Botânico de Buenos Aires que conta com mais de 5 mil espécies de plantas dos cinco continentes. A entrada é gratuita. Nesta área ainda há o Museu Evita, na rua Lafinur 2988.

Em seguida você pode pegar um táxi ou caminhar cerca de 1,5 km até a Plaza Julio Cortazar, também conhecida como Plaza Serrano, uma pequena praça redonda no coração de Palermo Soho, rodeada de cafés e restaurantes. Esta área do bairro é muito agradável, possui muitas boas opções de alimentação e também de compras, com lojas de marcas nacionais e internacionais.

Após caminhar pelas ruas de Palermo Soho você pode visitar as lojas outlets da região da Av. Córdoba e também as lojas de couro de Villa Crespo, numa região compreendida entre as avenidas Córdoba e Corrientes. Como as compras podem demorar, não há mais nada para se visitar neste dia, mas se sobrar tempo você pode voltar ao centro e fazer a visita ao Teatro Colón, caso ainda não tenha feito, ou ainda conhecer algum outro shopping da cidade.

Calle Museo Caminito, uma pequena vila colorida localizada no antigo bairro portuário da cidade, considerada um museu a céu aberto, com pinturas, esculturas, mosaicos, apresentações de tango, bares, restaurantes e lojinhas de souvenirs.

As casas coloridas e obras de arte do Caminito se encontram basicamente ao longo de duas ruas, com cerca de 150 metros de extensão. É possível visita-las fazendo uma ida e volta em cada rua ou contornar a quadra pela linha de trem desativada que passava no local.

Em La Boca outra atração famosa é o estádio de futebol La Bombonera, do time Boca Júniors, que está localizado na Calle Brandsen 805, a apenas três quadras do Caminito. Ele é popularmente chamado por este apelido pois seu formato lembra uma caixa de bombons. O estádio se encontra a apenas três quadras do Caminito e muita gente visita ele antes de circular pelas ruas próximas ao rio.

Imagem

No local há um museu, o Museo de la Pasión Boquense, que funciona diariamente das 10:00h às 18:00h e custa 60 pesos. É possível combinar a visita ao museu com um tour de 40 min guiado (inglês ou espanhol) pelo estádio, ao custo de 70 pesos (R$20,00).

 Imagem

Compras:
Av. Cordoba – A Córdoba é a avenida dos outlets. São dezenas de lojas gênero, algumas de marcas conhecidas, como Levi’s, Adidas, Nike, Puma, Lacoste, entre outras.
Buenos Aires Design – Av. Pueyrredón, 2501 – Recoleta – Localizado na Recoleta, bem próximo ao famoso cemitério, este shopping é mais voltado para artigos de casa, como acessórios, móveis e eletrodomésticos. Tem alguns restaurantes bacanas (indico o Primafila) e a unidade argentina do Hard Rock Café.
Farmacity – Esta rede de farmácias está espalhada por toda a cidade, incluindo uma loja na Rua Florida. É um ótimo local para comprar produtos de higiene e beleza, que custam muito menos do que no Brasil.

Alfajores – Melhores marcas (comprar em supermercados)
Jorgito – Uma caixa com seis unidades custa cerca de R$ 5,00. É a exceção da regra, afinal ele é “banãdo con reposteria”. Nos mercados, você encontra Jorgito em três tamanhos e seis sabores diferentes!
Milka – Uma caixa com seis unidades no mercado custa cerca de R$ 8,00. (recheado com doce de leite, com biscoito Oreo, com mousse de chocolate ao leite ou branco e os banhados com chocolate ao leite ou branco). (esses são mais duros)
Havanna – São muito caros comparados a outros. Uma unidade custa R$ 5,00. Comprar Havannets – Gota de doce de leite coberta de chocolate.
Cachafaz (esse é o maissss gostoso! Compre esse ao invés do Havanna ta? O branco é delicioso…rs) – Um alfajor custa cerca de R$ 5,00. Nos mercados você encontra embalagens com várias unidades a preços um pouco melhores. Um dos mais finos alfajores portenhos, certamente é o mais gostoso desta lista. A embalagem é muito elegante e os alfajores são grandes. O doce de leite que recheia duplamente o alfajor é saborosíssimo e abundante, ele molha a massa e chega a escorrer pra fora na primeira mordida.
Negro – A cremosidade e sabor do doce de leite saboroso garantiu a medalha de prata. As castanhas na cobertura tão um toque especial à delícia.
Outras marcas: Vauquita, Goye, El Gringo, Secretos, Amaratotto, Tresan, Terrabusi, etc.

Restaurantes (outras opções):

PUERTO MADERO
Cabaña Las Lilas
Av. Alicia Moreau de Justo, 516 – Puerto Madero.
Especializado em carnes, é considerado um dos melhores da cidade. Pertence ao grupo Rubaiyat, muito conhecido em São Paulo. Possui um grande salão e também mesas na varanda que permitem curtir o visual de Puerto Madero. O restaurante é caro, um almoço farto não sai por menos de 100 reais por pessoa, mas para quem gosta de carnes nobres e não se importa de gastar tanto por uma refeição bem servida, vale muito a pena.

Da Caravaggio
Olga Cossettini, 1011 – Puerto Madero
Este restaurante italiano está localizado no dique 3 de Puerto Madero, no lado oposto à Fragata Sarmiento e a poucos metros da Puente de La Mujer. Ele deve ser bem novo, pois não encontrei nem o site oficial. O cardápio é bem completo e o valor dos pratos principais varia entre 70 e 170 pesos (R$20,00 e R$48,00). Eles também oferecem um sorvete artesanal que eu não provei, mas deve ser muito bom, pois a fila para compra-lo estava enorme.
Preços:
Pollo al Limone – 95 pesos (R$27,10)
Risoto de Açafrão – 90 pesos (R$25,70)

Brasas Argentinas
Av. Alicia Moreau de Justo, 1108 – Puerto Madero.
É um dos melhores de Puerto Madero na relação custo-benefício. O restaurante funciona no sistema de espeto corrido com buffet livre self-service ao custo de 105 pesos por pessoa (R$30,00), um ótimo preço se comparado a outros restaurantes vizinhos. No buffet oferece saladas, massas, peixes e até sushi.

CENTRO
Il Gatto Tratoria
Av. Corrientes 959 e 1269 (Centro) e Alicia M. de Justo 102 (Puerto Madero – Dique 4). ilgatto.com.ar
Com preços acessíveis, dispõe uma boa variedade de massas que custam entre 55 e 95 pesos (R$15,70 e R$27,10).
Preços:
Ravioli con Polpettes – 73 pesos (R$20,85)
Pollo alla Pavatorri – 76 pesos (R$21,70)

Patio #378
Av. Corrientes 1334 – Centro
Este é o restaurante do hotel Novotel Buenos Aires, a 3 quadras do Obelisco. Ele funciona no almoço e jantar, tanto para os hóspede quanto para o público em geral. Especializado em cozinha mediterrânea, também conta com um cardápio especial com pratos franceses. As entradas custam em média 60 pesos (R$17,15), os pratos variam entre 72 e 128 pesos (R$ 20,50 e R$36,50) e as sobremesas cerca de 50 pesos (R$14,20). Os preços são bem atrativos e a comida é excelente, do início ao fim.
Preços:
Entrada: Lagostinos- 65 pesos (R$18,50)
Peixe branco com mousseline de cenoura e gengibre – 115 pesos (R$32,85)
Flan de baunilha em biscoito de coco e creme inglês – 46 pesos (R$13,15)

Francesca
Viamonte esq Florida – Centro.
Este café e restaurante localizado na Galerias Pacífico, próximo às escadas do piso inferior, é uma boa opção para quem está no Centro caminhando pela rua Florida ou para quem quer fugir da praça de alimentação do shopping.

Filo
San Martin, 975 – Centro.
A Filo é uma pizzaria bacana localizada a uma quadra das Galerias Pacífico. O ambiente é bem descolado e tem até um DJ para animar a noite. O cardápio é bem variado, com muitas opções de saladas, massas, carnes, peixes, sobremesas e drinks. As pizzas individuais custam em média 76 pesos (R$21,70) e as para duas pessoas estão na faixa de 102 pesos (R$29,15).
Preços:
Pizza para duas pessoas na Filo – 102 pesos (R$29,15)

Café Tortoni
Av. de Mayo, 825 – Centro.
Um dos cafés mais tradicionais de Buenos Aires, com mais de 150 anos de história. Tem uma decoração antiga e é muito procurado por turistas, nem que seja apenas para conhecer seu interior.
PALERMO

Meridiano 58
Jorge Luis Borges, 1689 – Palermo.
É uma boa opção para quem quer almoçar num restaurante tranquilo e agradável. Ambiente bacana e distribuído por três andares. O cardápio é especializado em comida latina e conta com opções de carnes e massas a preços bem acessíveis. Os pratos variam de 68 a 105 pesos (R$19,40 e R$30,00) e as sobremesas custam na faixa de 35 pesos (R$10,00).
Preços:
Mix de empanados – 80 pesos (R$22,85)
Raviolone de Salmón – 79 pesos (R$22,50)

Persicco
Honduras, 4900 – Palermo Soho.
A Perssico tem um estilo muito parecido com a Freddo, oferece uma boa variedade de sorvetes e cafés. Um ambiente calmo e com uma boa variedade de doces e salgados, alguns deles expostos num balcão de vidro. Tudo muito bom.
Preços: Waffle no Persicco

Don Julio (ALMOÇO)
http://www.parrilladonjulio.com.ar – Guatemala 4691(Palermo Hollywood).
Guatemala 4691 (esquina Gurruchaga) – Palermo Soho
A carne é incrível e super macia. As empanadas, um show a parte.
Média de gasto: $160 pesos por pessoa.

RECOLETA

Primafila
Av. Pueyrredón 2501 – Recoleta.
Para quem está passeando pela Recoleta, este restaurante localizado no Shopping Design é uma opção interessante e agradável, com várias mesas na área externa ao ar livre. O cardápio é bem diversificado, com massas, pizzas, carnes e muitas sobremesas.

Bellini Café Bistro
Shopping Paseo Alcorta – Palermo.
Este restaurante que se encontra no último piso do Paseo Alcorta, um shopping entre a Recoleta e Palermo e próximo ao museu MALBA, é uma boa opção para quem quer fugir das lanchonetes fast-food da praça de alimentação.
Preços:
Salada Ceasar – 60 pesos (R$17,15)
Mix de tapas – 70 pesos (R$20,00)

El Cuartito – La buena pizza
Uma pizzaria bem tradicional e antiga, desde 1934 ela serve a melhor pizza da região. (lembra muito a Pizza Hut)
É uma pizzaria com estilo de barzinho, com vários quadros contando a historia do lugar.
A pizza é do tamanho tradicional 8 pedaços e o preço é por volta de 140 pesos (R$ 35,00) é uma ótima opção pois os pedaços são bem servidos e você se sente satisfeita com apenas um, comemos lá duas vezes. Recomendo / Ah e foi um dos lugares que fomos melhores atendidos.
(Lá os garçons não são muito atenciosos e o serviço deles não são dos melhores, mais isso é em todos restaurantes que fomos, os melhores foram El Cuartito e o Cátulo Tango (super recomendo)).

Meus amores sei que o post ficou bem grandinho me perdoem rs, só quis ajudar kkkkk.

Caso queiram saber algo mais detalhado só perguntar. Espero que tenham a oportunidade de conhecer a cidade de Buenos Aires, ela é linda e em 3 dias vocês conseguem conhecer e fazer os passeios tranquilo. E se forem por favor me convidem, adorei e já quero voltar rs. 

Beijos Beijos

By Carolina Fonseca

Anúncios

2 comentários sobre “Buenos Aires – Argentina / Roteiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s